JARCULTUR

O projeto

JARDINS HISTÓRICOS TRANSFRONTEIRIÇOS

OBJECTIVOS

De uma forma geral, visa valorizar o património cultural e natural declarado, como dois motores de dinamização e aumento da atividade económica e turística na área de cooperação Centro-Castela e Leão, em articulação com outros centros de atracção. perto le património como Coimbra e Salamanca.

Em particular, ou o projecto dá início à implementação de acções de conservação, valorização e promoção dos Jardins Históricos da Mata Nacional do Buçaco e da Quinta El Bosque de Béjar , com o objectivo de criar uma rede de espaços naturais e culturais de interesse transfronteiriço. , dados seus valores naturais, históricos e culturais comuns.

Por outro lado, visa atrair novos fluxos turísticos a partir das atividades planeadas em coordenação: definição e gestão de roteiros de visita e utilização de novas tecnologias de informação para comunicação e interpretação; bem as ou desenvolvimento de estratégias e atividades para melhorar a acessibilidade e sensibilização destes espaços para grupos com deficiência.

AÇÕES

Entre as atividades incluídas sem o projeto, destacam-se a adaptação de dois Jardins Históricos para ou seu uso pelo público, bem como a interpretação inclusiva de dois recursos e as atividades de comunicação e divulgação do projeto; As seguintes ações são contempladas em cada dois Jardins:

QUINTA RENACENTISTA EL BOSQUE DE BÉJAR

Reabilitação do Jardim Romântico Formal e de dois elementos patrimoniais a ele associados, como fontes e jogos aquáticos; Preparação prévia de dois documentos técnicos necessários para o efeito, tais como estudos palinológicos e estudos de espécies vegetais, projectos e acções arqueológicas e projectos de engenharia, paisagismo e jardinagem.

Intervenção na Huerta de Abajo , com a recuperação de dois elementos arquitectónicos, como o restauro do sistema hidráulico, o acondicionamento das vias pediátricas e a realização do tratamento adequado da estação; Inclui também estudos e projetos técnicos prévios para sua execução.

Intervenção em terraços ajardinados, parque central e Alameda , de forma a recuperar o caminho histórico do portão principal de acesso.

Reabilitação do rés-do-chão do Palácio para a sua adaptação como centro de recepção de visitantes e centro de interpretação, bem como a elaboração de documento técnico que divulga as obras a realizar para adaptação dos dois espaços a utilizar.

Reparação e consolidação de dois elementos distintos que compõem ou sistema hidráulico (barragem, tubagens, vertedouros …) para o seu funcionamento eficiente, evitando fugas de água que possam afectar os elementos construídos.

Disponibilização de meios infográficos e audiovisuais, como conteúdos expositivos e materiais de divulgação e informação, de carácter inclusivo e acessível. Para isso, está prevista a realização de:

  • Elementos informativos digitais, como guias de visitas digitais, conteúdos multimídia: textos, áudios, vídeos e a concepção e produção de visitas virtuais 360º.

 

  • Concepção e implementação de tabelas interactivas de apoio à interpretação, baseadas num modelo tridimensional e conteúdos multimédia associados (textos, áudio e vídeo), destinadas a fornecer informação detalhada sobre o património de dois recursos.

MATA NACIONAL DO BUSSACO

Recuperação de espaços verdes nos Jardins do Palácio e Vale dos Fetos. Estes espaços, erguidos no século XIX, são, pela sua localização e envolvimento, um dos dois mais emblemáticos de La Mata. Além disso, propõe-se a instalação de novos sistemas de irrigação, com soluções de locação de manutenção, que por sua vez integram a melodia na economia de energia e água. Uma área total dá intervenção abrange 9.520 m2 Jardins do Palácio , 6.822 m2 de jardins não Vale dos Fetos .

Adaptação da Chalet Santa Tereza , para criar um espaço de acolchoamento para os visitantes e um centro de interpretação acessível.

Disponibilização de meios infográficos e audiovisuais, como conteúdos expositivos e materiais de divulgação e informação, de carácter inclusivo e acessível.

AÇÕES CONJUNTAS

CONHECIMENTO E DIVULGAÇÃO

Para outras ações específicas em cada espaço, ou projeto próprio, um conjunto de ações conjuntas que visa divulgar e concretizar o projeto e promover o Jardim Histórico da Mata Nacional do Buçaco e a Quinta El Bosque de Béjar, que juntos como empreendimento partem deste site ou siga:

  • Concepção e produção de stand promocional trilingue (PT / ES / EN), para a sua participação na Bienal do Património Cultural AR&PA.
  • Realização de visitas guiadas e oficinas educativas para crianças na escola, com o objetivo de envolver o público mais jovem que não conhece dois recursos naturais e culturais na sua preservação.
  • Organização de congressos e seminários técnicos para gestores de património cultural, para transmissão dos resultados da recuperação do Jardim Histórico e valorização destes espaços.
  • Criação de uma exposição monográfica itinerante do projeto, que transmita o valor patrimonial destes espaços, bem como os resultados das ações do projeto em cada um dos dois Jardins.
  • Edição das publicações editadas e digitais do projeje em diferentes formatos para divulgação no local e em eventos programados.

ÁREAS DE INTERVENÇÃO

EL BOSQUE DE BÉJAR

O Bosque de Béjar é uma aldeia recreativa suburbana de origem renascentista, criada em 1567 pelo Duque de Béjar e administrada conjuntamente pela Câmara Municipal de Béjar e pela Junta de Castilla y León. Existem dois poucos exemplos de Jardins Históricos preservados em Castilla y León; Foi declarado em 1946 como Jardim Artístico e em 1982 como Bem de Interesse Cultural (BIC), com a categoria de Jardim Histórico, do Patrimônio Histórico Espanhol. Uma declaração específica de proteção ao meio ambiente, promovida pela JCYL, também foi aprovada em 8 de junho de 1995.

Todo o Bosque do Béjar foi construído de acordo com os cânones renascentistas, preservando as características atuais dos seus elementos característicos, como passagem do espaço natural para o palácio através de terraços escalonados, ou sistema hidráulico que deságua em Tinte del Duque e um importante complexo arquitetônico e elementos da paisagem. Entre os elementos arquitetônicos, destacam-se o além do Palácio, a Casa do Bosque e as cavalariças com a ermida. É um complexo monumental completo – é como um grande lago com uma ilha central e o seu Templo neo-mudéjar, com as várias fontes que se distribuíram ao longo do tempo, com terraços e zonas ajardinadas.O Jardim Romântico destaca-se pelo seu valor paisagístico, que, embora não preserve nem traça original, contém uma grande variedade de espécies vegetativas, alguns deles protegidos, tais como a sequóia.

MATA DO BUSSACO

Classificado como Monumento Nacional, ou conjunto monumental do Buçaco mobiliza um patrimônio patrimonial excepcional. Núcleo central formado pelo Palace Hotel do Bussaco e pelo Convento de Santa Cruz, bem como, as capelas de devoção e as Escadas que compõem a Via Sacra, a vedação com portões, ou o Museu Militar e o monumento comemorativo da Batalha do Buçaco. Vós cruzeiros, como fontes (por cima da Fonte Fria com a sua escadaria monumental) e como cisternas, vedes-vos (a Cruz Alta oferece uma vista privilegiada sobre toda a região entre Coimbra e Serra do Caramulo) e as casas de mata, compõem ou vasto Património complexo construído na Mata Nacional do Buçaco que é digno de admiração. Com 105 hectares de superfície, possui várias das melhores coleções dendrológicas da Europa,com cerca de 250 espécies de árvores e arbustos, alguns deles classificados como exemplares que irá reparar. É uma das mais ricas florestas nacionais em patrimônio natural, arquitetônico e cultural, podendo ser dividida em três unidades paisagísticas: Arboreto, Jardins, Vale das Samambaias e Floresta da Relíquia.

RESULTADOS DO PROJETO

Ou o projeto está em andamento. Nesta seção, os resultados finais serão exibidos e também concluídos.

Logo Junta de Castilla y León
logo Mata do Bussaco
logotipo de ayuntamiento de Bejar

EL BOSQUE DE BÉJAR
Camino el Bosque, 16, 37700 Béjar, Salamanca. Telefone: +34 923 40 30 05

Quarta-feira das 10:00 às 13:00.
JD: 10:00 -13: 00. / 15:00 – 18:00 h.
Segunda e terça fechada

MATA DO BUSSACO
R. Porta do Buçaco 56, 3050-261 Luso, Portugal. Telefone: +351 231 937 000

Seg – Sex: 9h00 – 18h00
S-Dom e feriados: 9h00 – 18h30
Reservas:  atividades@fmb.pt

Logo Junta de Castilla y León
logo Mata do Bussaco
logotipo de ayuntamiento de Bejar

EL BOSQUE DE BÉJAR
Camino el Bosque, 16, 37700 Béjar, Salamanca. Tlf.: +34 923 40 30 05

Miércoles de 10:00 - 13.00 h.
J-D: 10:00 -13.00 h. / 15:00 - 18:00 h.
Lunes y martes cerrado

MATA DO BUSSACO
R. Porta do Buçaco 56, 3050-261 Luso, Portugal. Tlf. +351 231 937 000

L - V: 9:00 - 18:00 h
S-D y festivos: 9:00 - 18:30 h
Reservas: atividades@fmb.pt

Redimensionar texto
Contraste